Maior agilidade para o dia a dia do síndico(a)
Edição 125 17 anos
Salas de Ginástica

1 - SALA DE GINÁSTICA

Enquanto o mobiliário para uma sala de jogos é bem conhecido, para montar uma sala de ginástica são necessários aparelhos que nem todos dominam, principalmente os condôminos que não têm o hábito freqüente de malhar. Afinal, o culto ao corpo e os cuidados com a saúde são fenômenos relativamente novos no Brasil – mas que ganharam, definitivamente, seu espaço dentro dos condomínios com as salas de ginástica. A grande vantagem de ter os mesmos aparelhos de uma academia no prédio é a comodidade e o conforto. É muito mais prático descer ou subir alguns andares para ter acesso à bicicleta, esteira e aparelhos para musculação do que pegar o carro, enfrentar o trânsito e o risco de assaltos para se chegar à academia. Além do mais, uma bicicleta ou esteira num canto do apartamento pode se transformar num "elefante branco". A sala de ginástica do condomínio costuma se transformar num ponto de encontro de vizinhos adeptos da boa forma, e é muito melhor fazer exercícios em boa companhia do que sozinho.

Se não faltam vantagens para montar uma academia no condomínio, as dificuldades que o síndico enfrenta ao escolher os aparelhos são grandes. A variedade de modelos de um mesmo produto disponível no mercado é imensa. O síndico deve procurar uma loja idônea e especializada, e não apenas os aparelhos mais baratos (muitas vezes empurrados pelo vendedor, mas que não terão durabilidade nenhuma com o uso constante).O indicado é investir em equipamentos profissionais ou semiprofissionais, e não de uso doméstico. Fazer uma pesquisa entre os condôminos para conhecer quem serão os usuários da academia - e se a maioria será de homens ou mulheres - também ajuda a comprar os equipamentos certos.

É preciso, ainda, verificar se o espaço disponível é adequado para a montagem de uma academia. A sala deve ser ventilada e possuir piso emborrachado ou de madeira (pisos frios, mesmo com o uso de colchonete, podem causar incômodo durante a realização de exercícios no chão).

Com a planta do espaço em mãos, empresas especializadas em montagens de salas de ginástica costumam preparar um lay-out com todos os aparelhos utilizados. Mesmo em espaços reduzidos é possível montar uma academia, com pelo menos uma esteira, bicicleta e estação de musculação. Aliás, as estações de musculação são as estrelas desses espaços: elas permitem fazer 30 ou mais diferentes exercícios, trabalhando diversos grupos musculares. Muitas vezes, a sofisticação dessas estações pode espantar os atletas mais inexperientes. Por isso, o ideal é contar com o apoio de um professor de Educação Física. Os condôminos interessados podem dividir o custo desse profissional.

2 - DICAS PARA MONTAR UMA SALA DE GINÁSTICA

O professor de Educação Física Jorge Gonçalves, que dá consultoria para montagem de academias e salas de ginástica de condomínios, tem percebido que os síndicos preferem a assessoria de um profissional do setor ao comprar os aparelhos. A economia gerada na compra dos aparelhos paga a consultoria e ainda sobra dinheiro, segundo Jorge, para o condomínio. "A maioria dos vendedores querem empurrar tudo, mas não necessariamente o mais caro é o que o condomínio precisa", diz. Anote as principais dicas do professor para montar, com sucesso, a academia do seu prédio:

› Faça uma pesquisa no prédio, para identificar quantas pessoas vão utilizar a academia e o que preferirão utilizar. Segundo Jorge Gonçalves, essa é a melhor maneira de traçar um perfil do que os moradores gostam mais (bicicleta, corrida, exercícios localizados ou musculação, por exemplo) e se a maioria dos usuários serão homens ou mulheres. "Para mais mulheres, deve-se comprar mais tornozeleiras, já que elas fazem mais exercícios para os glúteos", exemplifica o professor.

› Preocupe-se, agora, com o espaço físico da sala de ginástica. "Prédios antigos, que não têm esse ambiente definido, aproveitam uma sala que não se usa para nada, normalmente sem ventilação, e que se transforma num verdadeiro mico", conta Jorge. Para piorar, muitas vezes há carpete no chão. O suor dos atletas, somado à falta de janelas e de sol, resulta em mau cheiro e ambiente inviável para o esporte. A solução é escolher a sala adequadamente, colocando um piso apropriado, se necessário.

› Uma prática simples, e que muitos desprezam, é anexar à sala os acessórios de ginástica. È possível comprar uma série de acessórios de uso garantido, como: caneleiras, pesinhos de mão, colchonetes, anilhas, barras, aparelhos abdominais e banquinho de supino.

› O último passo é a compra efetiva dos aparelhos. "É fundamental escolher equipamentos profissionais ou semiprofissionais, nunca residenciais", define o professor Jorge Gonçalves. Uma esteira doméstica, por exemplo, será utilizada por uma ou duas horas diárias. Já no condomínio, ela pode ser usada durante todo o dia, por pessoas de diferentes pesos – portanto, seu motor deve ter uma capacidade grande, de 2 a 2,5 HP. Um detalhe importante: o zelador precisa conhecer a manutenção básica, necessária para o bom funcionamento dos aparelhos (vincule o treinamento do zelador já na hora da compra dos produtos).

Seguir esse passo a passo é uma garantia para obter uma sala de ginástica elogiável.

Parceiros
ATENDIMENTO
:: Fale Conosco
INSTITUCIONAL
:: Quem somos
© COPYRIGHT 2014 - CONDOMÍNIO MT. Todos os direitos reservados. All rights reserved.